26

mar

Você Sabia?

Você Sabia?

SEGURANÇA PRIVADA NO BRASIL:

A atividade de segurança privada aos moldes parecidos aos atuais teve início em 1967, em pleno período da ditadura militar no Brasil, organizaram-se e foram institucionalizadas guardas armadas de instituições financeiras, como resposta aos assaltos a bancos praticados por grupos políticos de esquerda para financiar as suas ações. A primeira legislação sobre o assunto surgiu em 1969, com a instituição do Decreto-Lei 1.034/69, que autorizou o serviço privado em função do aumento de assaltos a bancos, obrigados, à época, a recorrer à segurança privada.


Iniciou-se a tentativa normatização e controle da atividade, deixando para cada Unidade Federativa a tarefa de regular o funcionamento das empresas em seus respectivos locais, fixando ou não formas de treinamento, registro das empresas, armas e algumas delas apontando para a possibilidade de utilização do vigilante na repreensão aos movimentos sociais.


Por seu caráter paramilitar, era sempre indicado um militar para gerir esse negócio ou para supervisioná-lo. De igual forma, nos seus quadros profissionais, o histórico militar dos seus empregados era um dos requisitos elementares. Diferente da situação atual, onde não é permitida a presença de militares ou policiais civis em seus quadros se esses ainda estiverem na ativa.
As empresas que exerciam a atividade foram limitadas a um número de cinquenta no Estado de São Paulo e eram controladas pela Secretaria Estadual de Segurança Pública. Até 1983, os governos estaduais fiscalizaram essas empresas.

você sabia

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.


Leave a comment