01

nov

Como se previnir de golpistas e vigaristas.

Como se previnir de golpistas e vigaristas.
Como se prevenir  

Não compre mercadorias a preços “de ocasião”, oferecidas na rua. Geralmente, são imitações, falsificações ou mercadorias roubadas, ou bens que podem mesmo não existir. Tapetes “orientais”, eletrônicos pela metade do preço (que, se entregues, são na verdade caixas com tijolos) e uísque são algumas tentativas comuns.

Não acredite em anúncios de jornal que vendem consórcios sorteados de veículos. Os golpistas pedem seus documentos pessoais, cobram uma “taxa” antecipadamente e desaparecem.

Se você receber a notícia de que foi premiado em algum concurso ou sorteio, certifique-se do resultado, antes de fazer qualquer pagamento. Também há o golpe do bilhete de loteria sorteado, no qual o vigarista tenta vender o bilhete dizendo não saber como receber o prêmio.

Jamais receba em sua casa ou dê dinheiro a exploradores da fé, que prometem curas milagrosas ou soluções mágicas para problemas, em troca de “contribuições”.

Se um desconhecido lhe der uma notícia trágica, não se precipite. Procure antes a confirmação e não lhe entregue dinheiro.

Somente faça doações para entidades assistenciais reconhecidas. Não entregue nenhum donativo a representantes de entidades sem antes os identificar.

Fique atento a gentilezas inesperadas. Um golpe muito comum é alguém sujar o paletó de uma pessoa sem que ela perceba. E, em seguida, um segundo vigarista se oferecer para limpar a mancha, para poder furtar a carteira ou a pasta da vítima.

Antes de comprar um imóvel, procure orientação na prefeitura de sua cidade e verifique toda a documentação no Cartório de Registro de Imóveis. Não acredite em “ofertas imperdíveis” de terrenos, feitas por telefone.

Ao vender um de seus bens, estranhe se o interessado oferecer por ele um valor acima do que vale. Verifique a idoneidade do comprador.

Ao fazer negócio com desconhecidos, consiga referências de fontes confiáveis.

Se você for interpelado por alguém que se diz policial, peça que mostre a cédula de identidade funcional. É seu direito e sua garantia.

Ao receber um fiscal de algum serviço público, peça que se identifique.

Não use o “serviço” de agências de emprego que cobram taxas antecipadas, a pretexto de conseguir colocações.

Não confie sua carga a caminhoneiros desconhecidos e sem documentação em dia.

Negócios muito vantajosos que surgem de repente podem ser um bem planejado conto do vigário. Um golpe simples é o das alianças (na verdade, bijuterias baratas), no qual a vítima encontra uma aliança na rua, e, então, o vigarista se aproxima e diz que encontrou a outra do par, oferecendo-a por um preço baixo.

Nunca aceite orientações de supostos técnicos de telefone que oferecem vantagens em tarifas (para telefone fixo ou celular) e pedem que você digite alguma seqüência de números em seu telefone. Algumas formas de clonagem acontecem assim.

Leia por inteiro, sempre, qualquer contrato ou termo que você for assinar

 

 

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.


Leave a comment